sexta-feira, 17 de agosto de 2012

RESENHA: Cidade das Cinzas - Os Instrumentos Mortais 2

ATENÇÃO! Esse livro faz parte de uma série e pode conter spoilers do(s) livro(s) anterior(es) na resenha. 

Nome: Cidade das Cinzas - Os Instrumentos Mortais 2
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Links: Skoob
Comparando preços: por R$24,20 no Ponto Frio

Sinopse: Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está; disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai? Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.

Após o eletrizante final de Cidade dos Ossos, Cassandra Clare volta a contar a história de Jace e Clary, e de como os jovens reagiram a tantas mudanças em suas vidas: os dois ganharam um pai, descobriram ser irmãos e Clary percebeu que pode perder a mãe. Como se tudo isso não fosse o suficiente, uma nova preocupação vem a tona. A Espada da Alma, o segundo dos Instrumento Mortais, é roubada, e o principal suspeito é Jace, que é acusado de estar ajudando seu pai, Valentim.
Admito que Cidade das Cinzas não teve a mesma agilidade que seu antecessor, Cidade dos Ossos, mas isso não quer dizer que a história decaiu. Cassandra soube manter muito bem o enredo, mesmo que o ritmo tenha mudado.


"Quando você realmente ama uma coisa, nunca tente conservá-la do mesmo jeito para sempre. Precisa deixá-la livre para mudar." - Página 394. 


No segundo livro, pude ver um lado mais humanos de personagens como Jace e Magnus, e isso é um ponto muito positivo. Porém, alguns personagens foram esquecidos e ficaram perdidos na história, como Isabelle, que não teve nenhuma história sólida nesse volume da série. Isso aconteceu pela entrada de novos personagens, como Maia e Imogen, a Inquisidora.
Notei alguns erros na revisão do livro, o que me chateou muito. Foram erros recorrentes, de português e até na tradução. Nada que atrapalhe a leitura, mas espero que a editora tenha um cuidado maior nos próximos livros da série.
A escrita de Cassandra Clare continua impecável nesse volume de Instrumentos Mortais. É algo que flui com rapidez, e a autora é capaz de transformar um fato banal em um enorme acontecimento.


"Clary decidiu ir dormir mais cedo, mas o sono não veio. Ela podia ouvir o som suave do piano sendo tocado por Jace, mas não era isso que a mantinha acordada. Estava pensando em Simon, indo para uma casa que não parecia mais sua, no desespero na voz de Jace quando disse quero te odiar, e em Magnus, que não contara a verdade a Jace: que Alec não queria que ele soubesse sobre a relação dos dois porque ainda era apaixonado por ele. [...] Talvez fosse verdade o que a rainha Seelie dissera, afinal: o amor transformava as pessoas em mentirosas." - Página 228.


Assim como seu antecessor, Cidade das Cinzas é uma leitura mais do que recomendada. A história que Cassandra Clare criou fica cada vez melhor, e tenho certeza que seus sucessores serão tão bons - ou melhores - como o primeiro e o segundo livro. Mal posso esperar para ler Cidade de Vidro!


10 comentários:

  1. Quanto tempo que li esse livro, mas só de ler essa resenha, me deu um aperto no coração de saudade da confusão e facilidade - as coisas pioram - dos pensamentos e momentos da Clary. Oh, lord. Saudade do Jace, do Simon - eu odeio ele, mas sinto falta, vai entender -, e do meu Magnus.
    Ótima resenha, como eu disse, me deu uma saudade de tudo.
    Beijos,
    Shake Your World

    ResponderExcluir
  2. Eu já li os três primeiros volumes e adoro essa série. O final do primeiro me deixou maluca e tive (desesperadamente) que ler o segundo e o terceiro de uma vez... gosto muito da história, sem falar nas capas, que são incríveis...


    Tem promoção no meu blog
    http://delirios-lucidos.blogspot.com.br/2012/08/promocao.html

    ResponderExcluir
  3. ae sim livros *-*
    vou voltar sempre

    ResponderExcluir
  4. Bom, gostei da resenha, ficou muito boa. POrém não me interessei muito pelo livro...
    Parabéns, de qualquer forma!
    http://enricows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A resenha ficou bacana e parece ser interessante o livro.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabs!

    Gostei bastante da resenha, como sempre -orz

    Quero muito ler Cidade das Cinzas, mas sabe como é né, os preços não ajudam -cry

    Fora que eu ainda tenho que comprar Cidade dos Ossos, porque li o da minha tia, então, não o tenho na estante :(

    Beijos!

    Natalia Leal
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Comprei a série numa super promoção do Sub, vale a pena, pra mim se equilibrou entre médio e bom, o que eu mais gostei foi o primeiro, mebora aquele final seja muito WTF? Só pra manter leitores ansiosos mesmo.

    Cidade Vidro eu achei melhor q das Cinzas, promete gabe!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Cidade das Cinzas é o volume que menos gostei de todos os outros que li até City Of Fallen Angels, mas não que a história não seja boa, é que os outros volumes são muito mais cheios de emoção, deixando Cidade das Cinzas "no chinelo". kkkk Cidade de Vidro, então! Meu preferido! <3
    Adorei a resenha e corre para ler o próximo, que é mil vezes melhor que este, pelo menos para mim...

    beijos
    Cynthia
    http://garotaqueamaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Gabe!!!
    Sabe que nunca tive muita vontade de ler essa série, sei lá não me chamou atenção ainda mais que vai virar filme. Estou meio que pegando implicância com isso é só sair um livro deste estilo que querem logo adaptar. Bom mas sua resenha me chamou atenção, deve ser bom, vou pesquisar mais um pouquinho e quem sabe eu resolvo ler rs

    ResponderExcluir
  10. Esse tá na lista dos meus "vou ler". Mas, só depois de ler Cidade dos Ossos. Essa série da Cassandra parece ser show!

    ResponderExcluir

Comente o que quiser, desde que mantenha o respeito. Deixe o nome de seu blog ou o link, e assim que pudermos estaremos retribuindo o comentário. Obrigado por ler e comentar o post!